201906.12
0

Como evitar ações trabalhistas de maneira eficaz?

em Posts

As ações trabalhistas, são um verdadeiro desafio para as empresas. Não apenas por serem um processo altamente e burocrático e complexo, mas também por poderem gerar custos elevados para os negócios.

Apesar da redução significativa do volume de ações, nos últimos anos em função das alterações introduzidas na CLT, através da reforma trabalhista. O que de acordo com dados divulgados pelo Tribunal Superior do Trabalho, proporcionou uma queda estimada de 34% de ações trabalhistas entre 2017 e 2018.  

Ainda sim, existe um alto índice de reclamações trabalhistas que poderiam ser facilmente evitadas, a partir de medidas simples adotadas pelas empresas.  

Neste artigo, iremos falar das principais causas de ações trabalhistas e como é possível evitar de forma eficaz

Conheça as principais causas de ações trabalhistas

As motivações de um colaborador ou funcionário, entrar com um processo trabalhista contra empresa, são as mais diversas. Entre as principais estão:

  • Horas extras e jornada de trabalho excessiva
  • Desvio de função ou acúmulo de funções
  • Danos morais e assédio no ambiente de trabalho
  • Falta de pagamento de insalubridade e periculosidade
  • Rescisão do contrato de trabalho, entre outros.

Mantenha uma boa relação com os funcionários

Além de ficar atento as questões burocráticas, para evitar ações trabalhistas procure manter sempre uma boa relação com os funcionários. Ofereça um canal de contato direto entre colaboradores e a empresa, procurando entender quais os principais “erros” que sua empresa comete a fim de buscar melhorar.

Muitos colaboradores tendem a se sentir mais valorizados e motivados, quando atuam em um ambiente de trabalho onde é possível dar sugestões, fazer comentários e contribuir de forma positiva com o desenvolvimento da empresa. O que é bom não só para os empregados, mas também para os empregadores.

Ofereça capacitação regularmente e valorize os profissionais

Outra forma de melhorar a satisfação dos funcionários é oferecendo cursos de capacitação e qualificação. Esse tipo de investimento oferece um retorno significativo, para os negócios.

Além disso, procure também valorizar as potencialidades dos profissionais, oferecendo um plano de carreira e reconhecendo os pontos positivos dos trabalhadores.

Pois de um modo geral, ter profissionais satisfeitos com a empresa, reduz os riscos de ações trabalhistas.

Faça campanhas preventivas

Como já comentamos aqui no artigo, uma parcela das ações trabalhistas se dá em função de assédio. Nesse sentido, sua empresa deve investir em campanhas preventivas, realizar seminários e palestras para reforçar entre gestores e colaboradores a importância de manter um ambiente de trabalho agradável e seguro.

Procure também identificar possíveis falhas que já tenham ocorrido, ou estejam ocorrendo e solucione da melhor forma possível, a fim de resguardar a integridade física e emocional dos funcionários.

Procure cumprir as determinações das leis trabalhistas

Para evitar transtornos para sua empresa, é essencial cumprir a risca as determinações trabalhistas que estão previstas no Decreto Lei 5452, que trata da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT),

Apesar de ser bastante complexo, o cumprimento da lei permite que sua empresa possa evitar, os danos financeiros ocasionados pelos processos trabalhistas.

Para isso, é fundamental alinhar todos os processos entre a equipe responsável por administrar as rotinas dos empregados de forma eficiente. Como os horários de entrada e de saída, o pagamento do salários, impostos e o recolhimento dos benefícios trabalhistas, entre outras questões previstas em contrato.  

Conte com o apoio de uma equipe especializada

Outro ponto importante para evitar ações trabalhistas, é  contar também como apoio de escritório de advocacia especializado em direito empresarial.  

Dessa forma, sua empresa terá todo respaldo para minimizar os riscos de ações trabalhistas e cumprir de forma criteriosa as normas e alterações atuais estabelecidas na CLT.

Para saber mais, entre em contato conosco. E continue acompanhando os próximos conteúdos presentes no blog.  

Deixe o seu comentário para Cancelar resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *